99 lança duas ferramentas de checagem de motoristas

99 lança duas ferramentas de checagem de motoristas

A 99, empresa de mobilidade urbana que integra a gigante chinesa DiDi Chuxing, está lançando duas novas ferramentas de checagem de motoristas, em Curitiba. O aplicativo agora vai pedir que os condutores tirem três fotos de identificação (uma do licenciamento do carro, uma da carteira de habilitação e uma selfie com o documento). Além disso, passageiros serão convidados a verificar se a imagem do motorista bate com quem realizou a corrida.

As medidas visam aumentar ainda mais a segurança do aplicativo, estabelecendo modelos de redundância que darão proteção adicional aos usuários da plataforma, que entrou no estado do Paraná em setembro de 2017, e já está presente em mais de 30 cidades. Isso significa que, além das análises de documentos que a empresa já executa, outras camadas de checagem serão adicionadas.

A primeira novidade se dará logo quando o motorista entrar na plataforma. No momento do cadastro, será solicitada ao condutor uma selfie segurando a carteira de habilitação. Ele também precisa subir fotos da própria carta e do licenciamento do veículo. A segunda novidade são mensagens enviadas aos passageiros antes e depois da corrida. Antes da corrida, será reforçado que o usuário confira se as informações no app estão batendo com quem está atendendo a chamada. Depois da corrida, os passageiros poderão dizer se a foto do condutor está atualizada e se bate com a pessoa que a realizou.

A 99 já faz uma análise de perfil dos motoristas e verifica o histórico público dos condutores, a partir de documentos como CPF, CNH e licenciamento. O app possui ainda uma parceria com o Denatran, que permite acessar automaticamente informações sobre carro e motorista. Com isso, é possível verificar sinistros, por exemplo. “As novidades vêm para dar ainda mais confiança aos usuários do aplicativo, com foco em prevenção”, diz Leonardo Soares, Diretor de Segurança da 99. “O objetivo é melhorar continuamente a segurança da plataforma”, finaliza.

Mirian Gasparin

Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 50 anos na área de jornalismo, sendo 48 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 16 anos de blog, mais de 35 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 20 prêmios, com destaque para o VII Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º e 3º lugar na categoria webjornalismo em 2023); Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *