You are here
Home > Finanças > Investimentos que rendem uma viagem de férias

Investimentos que rendem uma viagem de férias

Julho bate às portas e, como mês de férias escolares, é perfeito para um descanso merecido em família. Nesse contexto, existem dois tipos de pessoas: aquelas que sempre deixam para depois e nunca viajam e aquelas que se planejam e podem aproveitar a cultura e os prazeres de estar em outro estado ou até outro país pelo menos uma vez por ano. Para quem já é investidor, a viagem dos sonhos não é apenas um desejo, mas uma realidade, já que é possível viajar apenas com o rendimento dos investimentos.

Segundo Luiz Almeida, sócio e head da Área de Negócios na Lifetime Investimentos, existem muitos motivos que fazem uma pessoa começar a investir, mas, no geral, as ambições de todo investir passam por constituir um patrimônio e ter um padrão de vida diferenciado. “Dentro desse padrão de vida diferenciado, está sempre conseguir cumprir os seus objetivos de viagem, de conhecer outros lugares e de ter a possibilidade de poder aproveitar a vida. Alguns investidores têm a viagem como foco principal e outros veem isso como parte do todo”, analisa.

Formas de investir

Existem várias formas de investir para viajar e todas elas começam por poupar dinheiro. A pessoa pode, por exemplo, separar uma fatia específica do eu salário todo mês e destinar para isso ou então pode aplicar um valor X e viajar somente com o rendimento desse investimento. Muitos brasileiros ainda têm o costume de deixar dinheiro guardado no banco e consideram a caderneta de poupança como uma forma de investir. Mas, o que vale destacar é que manter dinheiro parado no banco nunca é a maneira mais rentável de fazer uma viagem acontecer. “A poupança, por exemplo, rende metade do que renderia uma aplicação, então sempre que você pode ganhar mais do que o mínimo, você deve levar isso como uma possibilidade”.

Para quem já está acostumado a investir no mercado financeiro, isso não é nenhuma novidade. Mas, quem ainda não se aventurou pelos produtos disponíveis provavelmente não sabe que investindo apenas 10 mil reais uma única vez é possível viajar ao fim de um ano somente com o rendimento das aplicações, sem diminuir seu patrimônio.

De acordo com o Head da Área de Negócios, se esse é o objetivo do investidor, as melhores opções de produtos são aquelas que não oscilam muito, como uma renda fixa com capacidade de liquidez e uma taxa minimamente rentável. “É claro que é preciso avaliar o perfil de investimento do cliente e o seu objetivo final, como qual tipo e porte de viagem ele deseja fazer, mas, no geral, Tesouro Direto, CDB e Fundo DI, por exemplo, seriam boas alternativas”.

O Tesouro Direto é um título público de renda fixa emitido pelo Tesouro Nacional, órgão do Governo Federal junto com a Secretaria do Tesouro Nacional. Nele, o investidor empresta dinheiro para o governo através do investimento em um título. Já no CDB (Certificado de Depósito Bancário), o investidor empresta dinheiro para o banco. E, por último, no Fundo DI, assim como o Fundo Cambial, o investidor entrega seu dinheiro a um gestor e ele faz as escolhas a respeito de quais aplicações fazer.

Outro ponto que deve ser levado em consideração ao escolher o melhor investimento é o destino da viagem. A pessoa que quer viajar para o exterior tem que se preocupar com o câmbio, então um investimento que renda em dólar ou euro pode ser mais ideal, dependendo do país de desejo.

Este, inclusive, é mais um ponto que faz da Lifetime Investimentos um escritório de assessoria completo. Além de oferecer o acompanhamento de profissionais altamente qualificados que estão sempre atentos às oportunidades da área de análise da XP Investimentos, a Lifetime ainda conta com uma equipe de câmbio que irá cuidar de todos os trâmites que envolvem a moeda que será utilizada durante a viagem, sempre criando e alimentando um relacionamento diferenciado com cada cliente. Para aqueles que movimentam milhões, ainda existe a Lifetime Asset Management, gestora de recursos que acompanha ativamente o mercado e gerencia grandes investimentos através de Carteiras Administradas.

O mês oficial das férias deste ano já chegou, mas sempre é tempo para tomar a decisão de se tornar um investidor e poder aproveitar a vida com em um outro nível. Tranquilidade, segurança e proteção para investidores que fazem questão de descansar com a família e garantir momentos e boas lembranças.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top