You are here
Home > Negócios > Robô reduz 70% do estoque de medicamentos e evita vencimentos em CDs

Robô reduz 70% do estoque de medicamentos e evita vencimentos em CDs

Administrar corretamente a movimentação e armazenamento de medicamentos, seja em centros de distribuição, farmácias ou hospitais, é um desafio que exige alta precisão logística. Com o objetivo de otimizar e aumentar a exatidão desses processos, a Invent (www.invent.eng.br) fechou uma parceria com a empresa de tecnologia médica global BD (www.bd.com.br), para trazer as soluções Rowa de automação para o Brasil. O Robô reduz em até 70% o espaço de estoque e praticamente anula riscos de vencimento e perda de produtos.

A solução automatiza diversos procedimentos, sobretudo para itens que exigem controle ou têm alto valor agregado. “O Rowa cobre três etapas logísticas para a administração dos medicamentos: input, estoque e output em um único sistema, ou seja, entrada, armazenamento e saída de produtos. Essa gestão de ponta a ponta proporciona maior segurança na administração dos medicamentos, em que o robô ‘aprende’ com a dinâmica específica de cada CD por meio de inteligência artificial e zera a possibilidade de erro”, esclarece Claudia Sia, líder da plataforma pela BD na América Latina.

Controle rigoroso

O controle rigoroso com a data de expiração dos insumos, inerente a essa área, também é beneficiado com o Rowa, uma vez que monitora a data de validade por lote com maior precisão e impede que sejam esquecidos. “Além de otimizar a movimentação, controle e armazenamento de remédios, a solução tira essa responsabilidade dos funcionários, evitando movimentos físicos operacionais e permitindo a locação dessas pessoas em outras funções”, diz Claudia.

A BD tem mais de 8 mil robôs em operação em 44 países ao redor do mundo. A chegada ao Brasil foi viabilizada por meio de uma parceria com a Invent, especializada na otimização de processos intralogísticos. “Nós realizamos a implementação da tecnologia junto aos sistemas de automação dos centros de distribuição, que pode ser feita de maneira geral ou segmentada. É possível, por exemplo, utilizá-la para produtos de médio e baixo giro e, para os demais, outros softwares de gestão”, afirma Augusto Ghiraldello, diretor comercial da empresa.

O primeiro Rowa implementado no Brasil foi adquirido pelo Grupo Maxifarma, um dos mais inovadores centros de distribuição de materiais hospitalares e laboratórios, em 2016. Até o final do ano, a expectativa é contar com cerca de 11 robôs na América Latina.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top