You are here
Home > Artigos > Como a metodologia DevOps auxilia na inovação

Como a metodologia DevOps auxilia na inovação

É essencial no mundo corporativo entender a metodologia DevOps para o atual cenário que exige atender rapidamente às mudanças. A Tecnologia da Informação é um eixo estratégico de qualquer negócio e o sucesso está diretamente atrelado a entrega de confiabilidade, produtividade e agilidade, portanto é preciso entender como o DevOps pode transformar a TI de uma empresa.

Por dentro do DevOps

O DevOps é uma metodologia de desenvolvimento ágil, a partir de ferramentas práticas e, principalmente, de comunicação que facilita a integração entre desenvolvedores de softwares e profissionais gestores de infraestrutura de TI.

Com o DevOps é possível facilitar os processos e aumentar a qualidade, reduzindo o tempo nas entregas. E qual a vantagem para os clientes? Competividade, afinal quando entendemos melhor o cliente aumentamos a nossa capacidade de acerto.

A aplicação de DevOps depende de uma mudança de cultura e de disrupção para as áreas trabalharem juntas. As equipes, que tradicionalmente são separadas e observadas de forma independente, com falhas de comunicação, burocráticas e as vezes com problemas de responsabilidade, em uma nova estrutura de DevOps, além de eliminar gargalos a cooperação entre os times é também estimulada.

Na metodologia DevOps, os times trabalham de forma combinada durante todo o ciclo de vida do projeto. Isso possibilita que as equipes tenham uma visão mais ampla do negócio e compreendam melhor suas operações. Também é comum a integração de outras áreas, como segurança e controle de qualidade.

A empresa que opta por trabalhar com DevOps utiliza a infraestrutura de forma racional e diretrizes pré-determinadas viabilizam aos gestores o rastreamento de conformidade para definir a segurança das operações com o objetivo de alcançar mais agilidade, automação e integração nas ações do dia a dia.

Em tempo real, o monitoramento analisa o funcionamento do software contribuindo para que falhas sejam diagnosticadas, assim amplia a rapidez na tomada de decisão para solução de problemas favorecendo a entrega contínua e viabilizando um número maior de testes realizados pela equipe responsável. A metodologia DevOps tem sido assertiva desde a concepção do software, prevendo situações da operação mesmo antes do software estar operacional, assim é possível garantir a segurança operacional e a satisfação do seu público.

A capacitação é fundamental para o sucesso de implantação do DevOps, afinal a entrega contínua de valor é um conceito que só funciona com ferramentas de automação bem configuradas. Na automação em DevOps, a fluidez é regra e entre as vantagens, pode se destacar a comunicação clara e objetiva, que envolve todos os colaboradores.

E a sua empresa já implantou o DevOps?

O artigo foi escrito por Leonardo Dominguez Dias, que é Mestre e engenheiro de computação pela Poli-USP com intercâmbio na universidade do estado da Califórnia USA e é diretor da empresa Evo Systems, empresa especialista em inovação em TI.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top