You are here
Home > Finanças > Banco Votorantim celebra nova fase, renova seu posicionamento e passa a se chamar “banco BV”

Banco Votorantim celebra nova fase, renova seu posicionamento e passa a se chamar “banco BV”

O Banco Votorantim, quinto maior banco privado brasileiro, agora é banco BV. A abreviação assume o apelido que já era utilizado por muitos de seus clientes e parceiros. Com isso, o banco BV, que tem como acionistas o Banco do Brasil e a Votorantim S.A., unifica suas logomarcas em uma arquitetura única BV.

Junto com o nome, o BV traz um novo posicionamento. Com a assinatura “leve para a sua vida”, o banco BV reforçará ainda mais sua ambição de trazer o cliente para o centro de seus negócios e se desafia a melhorar a relação das pessoas com o dinheiro, tanto no varejo, onde é líder em financiamento de veículos, quanto nos demais negócios – corporate, private e asset management.

Desde 2014, o banco BV ampliou seus investimentos em tecnologia e dados, mudou sua cultura corporativa e diversificou seus negócios se tornando um dos bancos mais conectados com o ecossistema de fintechs e startups. Dessa forma, a reestruturação da identidade visual foi o caminho natural para refletir a evolução em todos os segmentos que atua, criando sinergia e lógica entre as marcas e unidades de negócio da instituição.

“Queremos apresentar a nossa combinação única de solidez com modernidade. Descobrimos que essa marca seria o caminho mais simples para assumirmos a forma abreviada que os nossos clientes carinhosamente já nos chamavam”, explica Claudia Furini, Superintendente de Marketing, UX e Sustentabilidade do banco BV.

A nova estrutura de marca do banco BV traz elementos gráficos e de cores que modernizam sua identidade visual. A marca mãe adota dois tons mais contemporâneos de azul e aplica a palavra “banco” em caixa baixa para se colocar ainda mais próxima de seus clientes.

Diretoria de Clientes e Inteligência de Dados

O novo momento da empresa e a adoção da marca banco BV tem o objetivo de evidenciar ainda mais o cliente como centro do negócio. Por isso, além de um posicionamento de comunicação mais próximo e centrado nas pessoas, a instituição criou a Diretoria de Clientes e Inteligência de Dados, que tem reporte direto ao CEO, Gabriel Ferreira. E para liderar essa nova diretoria, chega ao banco BV a executiva Adriana Gomes.

“O movimento do banco BV em criar uma diretoria dedicada aos clientes é inspirador e o coloca na vanguarda de nossa indústria. A digitalização dos negócios, a reconhecida competência em ciência de dados e a consolidação do modelo ágil de trabalho nos dão confiança e credibilidade para que o banco BV seja reconhecido pelos clientes como referência de mercado”, afirma Adriana Gomes, que é graduada em Engenharia Mecânica pela Escola Politécnica da USP e tem MBA em Marketing pela ESPM. Com cerca de 20 anos de carreira, Adriana liderou equipes de sucesso em grandes empresas, como Nokia, Liberty Seguros, Latam Airlines e Uber.

Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe um comentário

Top