You are here
Home > Negócios > Maior cafeteria de Curitiba abre ao público nesta segunda-feira

Maior cafeteria de Curitiba abre ao público nesta segunda-feira

O público curitibano se despediu no último ano do Barista Coffee Bar, loja da marca Café do Moço, considerado um dos principais endereços de cafés especiais na capital paranaense. Inaugurado em 2014, em um espaço de apenas 18m², o empreendimento logo ganhou destaque, cresceu e conquistou o mercado servindo cafés exclusivos, que carregam toda excelência do barista tricampeão brasileiro, Leo Moço. 

Agora, a simpática casa de cafés especiais dará lugar a uma nova loja, que abrirá ao público nesta segunda-feira, dia 20 de janeiro, com um novo conceito na capital paranaense. O Barista Coffee Bar vai assumir a identidade de Café do Moço, com um ambiente completamente remodelado e novos serviços, que promete a melhor experiência em cafés especiais no Brasil. Com um projeto inovador, a nova cafeteria terá 300 m², com capacidade para 130 pessoas, divididos em ambientes diversos, contando inclusive com áreas de experiências de café e produtos relacionados ao universo de cafés especiais. 

“A nova loja será uma grande imersão no mundo dos cafés especiais. Vamos trazer um novo conceito para Curitiba, redesenhando desde as embalagens dos nossos produtos até as novas linhas de cafés com grãos selecionados”, comenta Leo Moço, que comanda o empreendimento ao lado da diretora-executiva Estela Cotes. O novo Café do Moço é o primeiro fruto da parceria da marca com a aceleradora Prumo, um dos braços do Grupo 3Corações, que tem quase 30% de participação no mercado nacional de cafés. 

Segundo Leo Moço, o Café do Moço terá como objetivo resgatar a identidade brasileira em relação ao café. No local, os consumidores poderão escolher cada detalhe do processo de preparo, que contará, por exemplo, com café torrado na hora.

“Vamos oferecer um espaço para o nosso público tomar café do jeito que ele gosta e não replicar um conceito de fora, que é aplicado na grande maioria das cafeterias que trabalham com grãos especiais”, ressalta o barista. “Nosso objetivo é contar para o mundo como o brasileiro toma o seu café, para que o restante do planeta se interesse em provar os cafés mais exóticos e de perfis sensoriais ricos que encontramos apenas aqui”, complementa. 

Um dos grandes destaques do empreendimento será o Espresso Bar, um balcão de experiências com três formas diferentes de extração de café espresso em uma máquina La Marzocco Leva. Outras novidades serão o bar de drinks autorais, que terão cafés especiais como estrela da receita, e da venda de grãos a granel. Para quem quiser torrar o próprio café para levar para casa, a cafeteria contará com um torrador Atilla, que estará à disposição para a realização do processo na hora, em quantidades de 500g a 2kg. 

Crédito_Studio MG2 Arquitetura_CAFÉ DO MOÇO_VISTA FRONTAL_V01.jpg

Gastronomia de excelência

O Café do Moço contará, também, com cardápios completos para as mais variadas refeições do dia, do café da manhã ao jantar. A maior parte do menu será assinada pelo badalado chef André Pionteke, e contará com uma forte inspiração na gastronomia regional brasileira, resgatando ingredientes que fizeram a parte da história do Paraná e de outras regiões do país. “A nossa ideia é proporcionar momentos diferentes ao longo do dia para tomar café, trazendo parceiros que possa agregar à experiência de tomar um café”, explica Estela Cotes. 

Para quem ama doces, a confeitaria do empreendimento será assinada pela chef Karla Becker, que teve como missão resgatar uma identidade nacional trazendo doces clássicos da cultura brasileira, sem deixar de lado a harmonização perfeita com os cafés especiais. O novo espaço contará, ainda, com uma área de panificação, assinado pela Padaria Giovanotto, empreendimento especializado em pães de fermentação lenta e natural assinada por André Santi. O Café do Moço contará diariamente com 20 tipos de pães. “Queremos relembrar o público que o café com pão faz parte do dia a dia dos brasileiros, possibilitando a introdução dos cafés especiais nessa rotina”, completa Estela.

A loja Café do Moço abrirá oficialmente nesta segunda-feira, no dia 20 de janeiro, no mesmo endereço do Barista Coffee Bar: Rua Moyses Marcondes (nº 609), no bairro Juvevê. O empreendimento vai funcionar de segunda a sábado, das 7h às 21h, e aos domingos, das 8h às 20h. Para dar mais comodidade ao público, o Café do Moço contará com estacionamento exclusivo e gratuito. Mais informações na página oficial do empreendimento no Facebook, no perfil do Instagram e no site www.cafedomoco.com.br.

Crédito das fotos – Stúdio MG2

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top