You are here
Home > Trabalho/Emprego > Entrevistas virtuais de emprego crescem 2149% durante a pandemia

Entrevistas virtuais de emprego crescem 2149% durante a pandemia

O isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus tem alterado drasticamente a forma como as empresas conduzem seus processos seletivos. De acordo com a VAGAS.com, líder em soluções tecnológicas de recrutamento e seleção, a utilização de sua ferramenta de videoentrevista aumentou 2149% de março a setembro deste ano quando comparado ao mesmo período do ano anterior.
 
Para se ter uma ideia da explosão da utilização dessa solução, os clientes da companhia conduziram apenas 16 processos com entrevistas virtuais de emprego de março a setembro de 2019 enquanto na mesma época deste ano as empresas realizaram 316 entrevistas virtuais com os candidatos.

“É uma tecnologia que veio para ficar. As empresas perceberam que esse tipo de solução traz muitos ganhos e vem colaborando de maneira muito significativa para a conclusão de um processo seletivo. Essa ferramenta alia inovação, segurança e confiança, permitindo aos nossos clientes que continuassem com seus processos sem a necessidade de deslocamento dos profissionais”, explica Luciana Calegari, especialista em RH da VAGAS.com

De março a setembro deste ano, 81 clientes da companhia utilizaram a ferramenta da videoentrevista, disponível para empresas usuárias da plataforma de Recrutamento VAGAS for business . Foram 20.562 os candidatos participantes das entrevistas virtuais de emprego de 375 vagas abertas, contabilizando a participação média de 54 candidatos por processo. O tempo médio de respostas por candidato entrevista foi de dois minutos.

Redução do tempo de seleção

A solução pretende reduzir o tempo de seleção e recrutar os melhores candidatos durante a fase de entrevistas. Além disso, ela oferece informações preciosas aos profissionais de RH, apoiando e elevando a tomada de decisão.
 
Quando o candidato grava o seu material, a partir da tecnologia aplicada à ferramenta, o profissional que recebe e analisa o conteúdo e tem à disposição informações valiosas como: nuvem de palavras com os termos mais usados durante a gravação do vídeo, transcrição do áudio em texto, possibilidade de inserção de comentários, entre outros recursos. Isso ajuda a entender a afinidade do candidato com a vaga proposta.

A ferramenta, desenvolvida pela equipe de tecnologia e Ciência de Dados da VAGAS.com, foi pensada com o cuidado para não realizar nenhum juízo de valor com base em expressões demonstradas pelo candidato durante a gravação do vídeo. A empresa espera que a iniciativa possa contribuir um pouco nesse momento tão delicado para todos. Os RHs interessados devem entrar em contato com a VAGAS.com por meio de seus canais de relacionamento.
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe um comentário

Top