You are here
Home > Agronegócio > Viter celebra primeiro aniversário com início de exportação e aumento de capacidade de produção

Viter celebra primeiro aniversário com início de exportação e aumento de capacidade de produção

Viter, unidade de negócios de insumos agrícolas da Votorantim Cimentos, comemora um ano de lançamento da marca dedicada ao agronegócio com início de exportação para o Paraguai, aumento da capacidade de produção e nova parceria comercial. Em abril de 2021, a Viter realizou a primeira exportação de produtos para o Paraguai, um mercado agrícola bastante promissor, especialmente na região de fronteira com o Brasil (região de San Alberto/Alto Paraná). O Paraguai é, atualmente, o sexto maior produtor de soja do mundo, com tendência de crescimento. A exportação, realizada via representante comercial, é feita a partir das fábricas de Rio Branco do Sul (PR) e Itapeva (SP).

As fábricas localizadas em Itapeva (SP) e Xambioá (TO) estão recebendo, em 2021, investimentos para ampliação da capacidade de produção. Na unidade de Itapeva, a capacidade de produção será ampliada em 83 mil toneladas por ano de Calcário Itaú e 110 mil toneladas por ano de CalFértil. Já a unidade de Xambioá terá ampliação de 100 mil toneladas/ano com o início da produção de Optmix, mistura de calcário agrícola e gesso que proporciona alto teor de cálcio, magnésio e enxofre, tudo em uma única aplicação.

A Viter também fechou uma parceria em Pratápolis (MG) para produção e comercialização, já em 2021, de calcário agrícola com elevados teores de magnésio, um grande diferencial para os clientes localizados nos estados de São Paulo e Minas Gerais. Com essa parceria, o Calcário Itaú, já tradicional no portfólio da Viter, passa a ter mais uma vertente, o que dá ao agricultor a opção de adquirir um produto adequado às necessidades e particularidades do seu solo.

“Esta é nossa segunda operação neste modelo. Já atuamos de maneira semelhante com a Nexa, empresa investida da Votorantim S/A. Todas essas expansões fazem parte da estratégia da Viter para fortalecer nossa parceria com o agricultor brasileiro, oferecendo produtos de qualidade e assistência técnica. O próximo passo é ampliar nosso portfólio para soluções além da correção do solo”, afirma o gerente comercial da Viter, Bruno Marin.

Em 2020, Viter comercializou 5 milhões de toneladas de insumos agrícolas, resultado da combinação do crescimento do agronegócio no país no ano passado com a consolidação de projetos e a expansão do portfólio de produtos da marca.

A Votorantim Cimentos é líder na comercialização de calcário agrícola no Brasil e a única empresa do segmento com presença nacional. A produção de insumos agrícolas da Viter está distribuída em nove fábricas no Brasil. Nas regiões Norte e Centro-Oeste, há operações nas cidades de Xambioá (TO), Nobres (MT) e Sobradinho (DF). A região Sudeste é abastecida por unidades em Itapeva (SP), Salto de Pirapora (SP), Itaú de Minas (MG), Paracatu (MG) e Pratópolis (MG). Já a região Sul é atendida pela operação de Rio Branco do Sul (PR).

Websérie Solo Produtivo

Em celebração ao aniversário de um ano de lançamento da Viter, a marca estreia a websérie Solo Produtivo. A série está disponível no site de Viter www.viteragro.com.br/webserie e conta com a participação de especialistas do mercado que vão apresentar tendências sobre o mercado do agronegócio, potencial do solo, sustentabilidade e inovação na agricultura. São cinco episódios que serão lançados semanalmente a partir de 18 de maio, estrelados por grandes nomes do segmento como Marcos Fava Neves, Godofredo Vitti, João Pascolino, Gustavo Spodotti e Dirceu de Mattos.

Viter: seu solo pode mais

Sem o cuidado constante com o solo, o potencial produtivo não acontece. Daí surgiu o propósito da Viter: despertar e perpetuar o potencial máximo do solo. Seus produtos têm origem garantida, corrigem a acidez do solo, promovem a liberação de nutrientes em profundidade, proporcionam maior aeração e favorecem o desenvolvimento das raízes. Viter também disponibiliza assistência técnica para análise e entendimento do solo, tanto na aplicação quanto na compreensão das tendências. Os produtos da marca atuam em todas as camadas do solo, com três linhas de corretivos e nutrientes:

  • Optmix otimiza o potencial produtivo do solo em uma única aplicação, corrigindo, nutrindo e condicionando o perfil do solo. O mix de calcário e gesso disponibiliza três macronutrientes essenciais: Cálcio, Magnésio e Enxofre, proporcionando praticidade e eficiência. Optmix contribui também para melhorar a gestão de estocagem de insumos e na redução dos custos.
  • Calcário Itaú renova o potencial produtivo do solo, é referência em alta pureza, eficiência e economia. Além de corrigir a acidez do solo, neutraliza o alumínio tóxico e disponibiliza nutrientes em profundidade.
  • CalFértil acelera a renovação do solo, com imediata disponibilidade de Cálcio e Magnésio. Possui alto teor de nutrientes e pode ser aplicado no pré-plantio, pós-plantio e cobertura, além de aumentar a eficiência dos fertilizantes.
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top