You are here
Home > Franquia > Redes apostam em treinamento de novos franqueados para auxiliar na transição ao empreendedorismo

Redes apostam em treinamento de novos franqueados para auxiliar na transição ao empreendedorismo

Com o desemprego em alta e o número crescente de ex-funcionários que veem no franchising uma forma de sucesso, franquias têm investido na formação empreendedora dos candidatos. De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, divulgada nesta quarta-feira (30),  pelo IBGE, a taxa de desocupação, 14,7%, do trimestre móvel de fevereiro a abril de 2021 se manteve no recorde da série histórica.

Na crise, a vocação empreendedora do brasileiro também se mostra em alta e dados divulgados em fevereiro deste ano pelo Ministério da Economia apontaram que o Brasil ultrapassou os 20 milhões de empresas em atividade, registro impulsionado pelo desempenho na abertura de novos negócios em 2020. As franquias são a porta de entrada para muitos empreendedores e, pensando neste novo público, algumas têm apostado em cursos e conteúdos que ensinam como um ex-funcionário pode se transformar em um empreendedor de sucesso. Conheça redes que têm seguido nessa linha e investido em seus franqueados para ajudar a impulsionar os negócios.

Sofá Novo de Novo

Com 10 anos de experiência, a rede de blindagem e higienização de estofados oferece aos franqueados treinamentos que englobam, além da parte técnica do negócio, áreas como: vendas, gatilhos mentais, liderança, checklist, ordem de serviço, marketing, atendimento ao público, entre outros. São mais de 20 módulos e todo o treinamento é online e presencial com certificado. “Entendemos que para qualquer empresa dar certo é necessário que o empreendedor entenda de negócios e não apenas daquilo em que ele atua, por isso, nosso treinamento é focado em criar empresários de sucesso e não apenas técnicos”, explica Eduardo Tafa, CEO da rede.

Home Angels

Maior franquia de cuidadores de idosos da América Latina, disponibiliza aos franqueados treinamentos para gerir os assuntos relacionados ao negócio, incluindo alguns específicos da área de recrutamento e seleção, para que possa se especializar, também, na contratação de bons profissionais para trabalhar na unidade.

PremiaPão

A rede especializada em comercialização de publicidade em sacos de pão, sempre contou com uma plataforma de treinamento para inserir os novos iaPãofranqueados na área dos negócios . “Na PremiaPão University são disponibilizados, 60 dias de aulas online, um período que funciona como uma incubadora em que o empreendedor aprende técnicas que vão desde estratégias de vendas à gestão das finanças o que ajuda a operar o negócio”, explica Raphael Matos, CEO da marca.

Suporte Smart

Com treinamento 100% online e certificado, a maior rede de franquias da América Latina em assistência técnica para celulares e venda de acessórios, disponibiliza mais de 20 módulos em que o novo franqueado tem acesso a técnicas de vendas, liderança, organização e marketing.“ A nossa missão é formar empresários, algumas pessoas chegam sem nenhum conhecimento de como funcionam uma empresa. Nosso grande desafio hoje não é ensinar a parte técnica do negócio ou aonde compra peça, é transformar a mentalidade da pessoa para entender que a parte técnica é apenas um pilar, pois é necessário aprender sobre gestão, vendas, marketing, a fazer parcerias e ter motivação”, diz o sócio-diretor, Vinicius Rochesk.

Os indicadores da Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2019, realizada em 55 países -e que no Brasil tem o apoio do Sebrae-, revelou que a taxa de empreendedorismo potencial em 2019 foi de 30,2%. Isso significa que, de cada 10 brasileiros adultos que não são considerados empreendedores, três deles gostariam de abrir um negócio próprio nos próximos três anos.

Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe um comentário

Top