You are here
Home > Negócios > Para 73% dos consumidores a entrega é a parte mais importante da experiência de compra

Para 73% dos consumidores a entrega é a parte mais importante da experiência de compra

Um dos principais legados da pandemia nos dois últimos anos, foi a grande expansão do comércio eletrônico que antes já despontava como meio favorito de consumo, entre os mais jovens e por uma questão de necessidade, acabou atraindo e conquistando também os consumidores mais tradicionais. No entanto, a entrega é a principal reclamação do Reclame Aqui dos 10 maiores varejistas do Brasil, muitas dessas, por falta de informação.

Uma pesquisa realizada pela Sinch, líder global em comunicações em nuvem, mostrou que cerca de 73% dos consumidores acreditam que a entrega é a parte mais importante da experiência de compra e 96% dos entrevistados consideram que uma boa experiência do cliente por meio de canais de mensagens é importante para manter a fidelidade à marca.

Hoje a jornada de compra do cliente não termina no momento que adquire o produto ou serviço, o pós-venda é fundamental para gerar uma ótima experiência e satisfação do usuário. Também é uma excelente forma de fidelizar ao cliente e até fazer com que ele recomende para amigos e familiares, garantindo futuras vendas.

 

“Hoje os clientes esperam poder monitorar o status de seus pedidos. Fornecer essas informações em tempo real permite que eles saibam onde o pedido está e em que momento chegará, melhorando significativamente a qualidade do atendimento e gerando um impacto muito positivo para o negócio, pois se torna um pilar da fidelização do consumidor”, explica Camila Chávarro, especialista em Desenvolvimento de Negócios da Sinch.

Atualmente, existem soluções que ajudam empresas a serem mais competitivas nesta fase do pós-venda, como a ferramenta Smart Tracker desenvolvida pela Sinch, que personaliza a experiência do cliente de acordo com o seu negócio para informar em tempo real o status do pedido via SMS ou WhatsApp, com a ajuda de Inteligência Artificial, 24 horas por dia, 7 dias por semana.

O estudo, realizado pela Sinch, mostrou também que quando os consumidores entram em contato com o atendimento ao cliente, eles esperam uma resolução rápida de suas dúvidas ou problemas, sendo que 28% espera uma resposta em um minuto ou menos e 61% esperam respostas em quatro minutos ou menos.

No SMS, por exemplo, é possível implementar um bot com inteligência artificial conversacional, capaz de interagir com o consumidor de forma natural, ágil e segura, que também pode ser feito por meio do WhatsApp Business API, versão da plataforma de mensageria para grandes empresas disponibilizada por parceiros oficiais como a Sinch.

“Os dados mostram a importância de se investir na experiência de compra dos clientes. Diante dos números promissores, cabe às empresas saberem aproveitar o momento para fidelizá-los. Investir em tecnologias, como plataformas de mensagem instantâneas, que atualizam o cliente com o status do pedido em tempo real pode ser um ponto de partida para quem ainda não tem uma estratégia traçada”, conclui Chávarro.

Sobre a Sinch

A Sinch é líder mundial no mercado de mensageria, sendo capaz de desenvolver e implementar chatbots conversacionais que automatizam todo o processo de atendimento e SAC digital. Além disso, possui a certificação ISO2700, que garante a segurança dos dados e entrega em larga escala.
Sua plataforma de comunicações em nuvem permite que muitas das maiores empresas do mundo alcancem todos os telefones móveis do planeta, em segundos ou menos, por meio de mensagens móveis, voz e vídeo. Criada em 2008, a Sinch está sediada em Estocolmo, Suécia, e tem presença local em mais de 40 países como Brasil, México, Estados Unidos, Singapura e Índia. As ações são negociadas na NASDAQ Stockholm: XSTO: SINCH. Saiba mais clicando aqui.

Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe um comentário

Top