Americanas abre 1.300 vagas efetivas em todo o Brasil

Americanas abre 1.300 vagas efetivas em todo o Brasil

Movimento faz parte do plano de transformação da varejista, que prevê o retorno do crescimento da frente de lojas

A Americanas — uma das principais marcas empregadoras do País — está em busca de profissionais para as mais de 1.300 vagas efetivas. As oportunidades são para lojas físicas de diversos estados. As contratações estão em linha com o plano de transformação da companhia e a retomada do crescimento a partir de ajustes nas diferentes frentes de negócio, como o reforço no mix de produtos e a ampliação da oferta de serviços nas mais de 1.600 lojas da Americanas em todo o país.

A companhia busca pessoas com idade a partir de 18 anos, ensino médio completo, perfil dinâmico e ágil. São cerca de 1.300 vagas para os cargos de promotor de serviços e operador de loja em todos os estados do país. O processo seletivo acontece de forma online e presencial. Além de salário compatível com o mercado, os contratados terão plano de saúde com adesão imediata, vale refeição, vale-transporte, benefícios do programa Empresa Cidadã, como licença-maternidade de 6 meses, seguro de vida, Wellhub e descontos imediatos em compras nos sites e apps da Americanas S.A. e em compras nas lojas físicas, após o período de experiência.

A Americanas faz parte do Movimento pela Equidade Racial – MOVER desde 2022 e vem reforçando o compromisso com a construção de uma sociedade mais inclusiva e um time mais diverso. “A empregabilidade sempre foi um papel social muito forte na Americanas e vai continuar sendo. Somos uma empresa comprometida com o desenvolvimento socioeconômico do país, reconhecida como importante porta de entrada no mercado de trabalho e também por promover o desenvolvimento profissional dos nossos mais de 30 mil associados, a partir de um olhar individual e de igualdade de oportunidades” , comenta Ana Paula Martins, gerente de Gente de RH.

Mirian Gasparin

Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 50 anos na área de jornalismo, sendo 48 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 16 anos de blog, mais de 35 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 20 prêmios, com destaque para o VII Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º e 3º lugar na categoria webjornalismo em 2023); Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *