You are here
Home > Finanças > Copom deve reduzir a Selic em 0,25 pp e fechar o ano em 6,5%

Copom deve reduzir a Selic em 0,25 pp e fechar o ano em 6,5%

O Copom deverá reduzir a taxa Selic em 0,25 pp nesta quarta-feira (7), segundo o professor Marcelo Kfoury, da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EESP). De acordo com o professor, a ata de dezembro praticamente antecipou esse resultado, como nada de extraordinário aconteceu durante este período de quase dois meses, o mercado espera o corte de 0,25 pp.

Entretanto, a grande dúvida é sobre a reunião de março. “Hoje o Focus aponta que no final do ano a taxa Selic estará em 6,75%. Portanto esse seria o último corte. Mas acredito que o Banco Central deixará a porta aberta para mais um corte em março. Há três fatores que podem influenciar os juros a chegarem a 6,5% no final do ano: projeções de inflação, que se situando na margem é muito importante; a aprovação das reformas fiscais/estruturais; e a situação da liquidez internacional (taxa de juros longa dos Estados Unidos). Só a evolução desses três fatores ao longo do período vai permitir ter clareza sobre um novo corte”, explica Kfoury.

O professor ressalta ainda que, mesmo com a não aprovação da reforma da Previdência, os dois outros fatores podem favorecer um novo corte. Para quem deseja investir, Kfoury recomenda títulos do Tesouro Direto. “A NTN-B garante rendimento real ao redor de 5%, se a pessoa tem preferência pela renda fixa. Já a Bolsa, tem espaço para andar ainda mais, porém tem mais risco, especialmente relacionado à eleição. A pior opção seria CDB/CDI, que vão render até menos que a poupança, a qual tem incentivo fiscal”.

Já para os endividados, independentemente do resultado da Selic, Kfoury aconselha sair do rotativo do cartão e do cheque especial. “O spread bancário para a pessoa física deve cair um pouco mais dos próximos meses com a recuperação do mercado de trabalho e aumento da confiança na economia. Se a pessoa for comprar a prazo, talvez valha a pena esperar mais alguns meses para pegar uma taxa mais baixa no empréstimo pessoal ou na compra de bens duráveis como carro ou eletrodoméstico”.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top