You are here
Home > Consumo > Edição especial de cerveja artesanal é envasada em Barril de PET Beerkeg

Edição especial de cerveja artesanal é envasada em Barril de PET Beerkeg

Beerkeg é o primeiro barril fabricado no Brasil feito com PET.

A Associação das Microcervejarias do Paraná (Procerva) produziu uma cerveja artesanal edição especial para o 3º Festival da Cultura Cervejeira Artesanal – que acontece neste sábado (25), na Usina 5, em Curitiba. Toda a produção da cerveja colaborativa da Procerva foi envasada no Beerkeg – primeiro barril fabricado no Brasil feito com PET e que é fabricado em Araucária. Serão dois estilos diferentes da cerveja edição especial que os apreciadores poderão encontrar no estande da Procerva e envasados no Beerkeg: a Brut Ipa e a Doppel Weissex.

O Festival é aberto ao público e reúne atrações musicais a partir das 11 hora. Participam 35 cervejarias com mais de 200 rótulos. As doses custam a partir de R$ 8/ 300 ml.O Beerkeg tem capacidade para armazenar 30 litros de chopp e é mais prático, seguro, higiênico e econômico para o transporte das cervejas artesanais.É resistente e tem o peso de apenas 74 gramas. Além disso, mantém a qualidade da cerveja, sem alteração na cor, sabor ou aroma por até seis meses.

“Ele ainda reduz custos de lavagem de barril, elimina custo com desvios e perdas de barris, elimina capital investido em imobilizado e sua depreciação, ou seja, o espaço utilizado para estoque dos tradicionais barris de inox”, afirmou o diretor da empresa, Renato Araújo.

A fábrica da Beerkeg possui capacidade para produzir 2,1 mil barris por dia. A produção é 100% enclausurada, com controle de partículas para classe 100 mil partículas por FT3 (pé cúbico) e três sistemas de filtragens para evitar qualquer tipo de contaminação.

De acordo com o cervejeiro e sócio da Beerkeg, Hamilcar Neto, os barris suportam pressão de até 50 PSI. “As cervejas são transportadas na contra-pressão. O gás carbônico é o responsável pela carbonatação da cerveja, ou seja, o colarinho que faz quando é colocada no copo”, explica. Segndo ele, o armazenamento deve ser feito entre 0ºC e 35ºC.

Eduardo Liz Martins, também da Beerkeg, lembrou que a empresa oferece ainda growlers. “Temos em inox, de três tamanhos e um em pet, de dois litros. Os growlers permitem o transporte adequado de quantidades menores de cerveja para o consumidor final”, explicou.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top