You are here
Home > Negócios > Mercado da hospitalidade segue exigindo investimentos para se adequar as necessidades do consumidor

Mercado da hospitalidade segue exigindo investimentos para se adequar as necessidades do consumidor

A ascensão do mercado da hospitalidade no Brasil é perceptível e vem sendo referendada por dados. No último anuário estatístico do setor, estudo divulgado pelo ministério do turismo, ficou constatado o crescimento expressivo desse segmento desde a virada do século. Desde 2000, o Brasil passou a receber, anualmente, 1, 2 milhão de turistas estrangeiros a mais por ano. A oferta de leitos em meios de hospedagem cadastrados no ministério chega na casa das 823 mil unidades e já são 12 anos consecutivos onde os investimentos superam os ganhos, apontando para o movimento em busca do investimento em produtos e serviços de mais qualidade, além da maior capacitação dos profissionais da área.

Dialogando há 55 anos com esse setor da economia, a Equipotel, maior feira de negócios da América Latina voltada ao mercado da hospitalidade, condensa em um só lugar possibilidades de negócio, relacionamento e conteúdo voltados a atender essa demanda de constante aprimoramento, característica desse setor da economia. Tais oportunidades são aproveitadas pelas grandes empresas que há muito marcam presença no evento.

A exemplo disso, a Harus Amenities e Hotelaria está mais um ano na Equipotel com seu amplo portfólio de produtos. A empresa, que tem como clientes os hotéis Fasano, Transamérica, Rio Quente Resorts, entre outros, aposta na feira como momento ideal para fechar negócios. “Temos clientes que fazem seus pedidos uma vez ao ano, apenas na Equipotel. Uma vez que você chega em lugar de destaque dentro do seu mercado é esse o tipo de evento em que sua marca tem de marcar presença, ou você corre o risco de perder essa posição de liderança”, afirma Luís Roberto Magrin Filho, dono da empresa que surgiu em Franca, no interior paulista, e hoje lidera seu segmento de mercado.

Outro grande nome que tem participação garantida na Equipotel é a Totvs. A empresa de softwares de gestão esteve presente em todas as edições da feira até aqui e acredita na capacidade de geração de negócios do evento, assim como a oportunidade de estar próximo de seus clientes. Dentre os produtos apresentados, destacam-se o front office software de gestão criado a partir de demandas do setor hoteleiro, com código de programação 100% próprio, e a ferramenta de inteligência artificialchatbot que permite ao hóspede fazer contato com o hotel pela página do facebook a qualquer hora do dia para reservar estadia e solicitar serviços durante a hospedagem com praticidade.

“No cenário geral, o momento é de retomada de crescimento no setor. No contexto tecnológico, o segmento precisa entender que a Jornada Digital é um caminho a ser percorrido por todos os setores, inclusive a hotelaria. E quem está impulsionando esse movimento é próprio hóspede que quer resolver tudo online e com poucos cliques. Porém, a tecnologia que por si só não resolve nada, depende de processos e pessoas para mostrar todo o seu potencial-– não adianta ter tablets com comanda eletrônica, se não existir um processo estabelecido para o uso do dispositivo e profissionais capacitados”, explica Claudio Cordeiro, diretor de hospitality da Totvs.

Já a Socimol, especializada na produção de colchões e estofados, aposta no seu portfólio reconhecido pelo mercado e traz uma solução pioneira para o mercado hoteleiro: a Box Sommier, cama-box destinada aos portadores de necessidades especiais, que muitas vezes não tinham essa exigência atendida mesmo em estabelecimentos que declaravam possuírem quartos adaptados.

“Quando os hoteleiros passaram a ofertar o quarto adaptado, esta não contemplava os colchões e Box. Por isso, o Colchão Onix no Brasil foi o primeiro a oferecer produtos com essa característica para a hotelaria. O Box Sommier proporciona a comodidade de um cadeirante poder utilizar o produto com menor esforço e maior segurança, facilitando a transferência do PNE para a cadeira de rodas e vice-versa. Este é o primeiro de outros projetos que podem surgir de acordo com a demanda”, conclui o gerente de planejamento da empresa, José Alberto.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top