You are here
Home > Trabalho/Emprego > Fundação do Vale do Silício quer gerar um milhão de empregos no Brasil

Fundação do Vale do Silício quer gerar um milhão de empregos no Brasil

Tema de debates constantes, o desemprego é um dos maiores problemas que o Brasil enfrenta. De olho nisso, a Wadhwani Foundation (WF), instituição sem fins lucrativos que fomenta o empreendedorismo e acelera empresas, chega ao País com o propósito de criar 1 milhão de empregos nos próximos 10 anos. Criada no final dos anos 2000 pelo empresário e investidor bilionário, Romesh Wadhwani, a organização promove iniciativas para desenvolver a economia de mercados emergentes por meio da criação de postos de trabalho em larga escala.

“Com o progresso da automação e avanço da tecnologia, sabemos que ainda mais brasileiros perderão seus ofícios em breve. Por isso, queremos criar 10 milhões de empregos no mundo e pelo menos 10% dessas vagas devem vir daqui”, determina Tony Celestino, Managing Director da entidade no Brasil. A Wadhwani Foundation está presente na Ásia, África e recentemente chegou à América Latina.

Para atingir essa meta, a WF trabalha em parceria com empresas, investidores, instituições, governos e mentores atuando em três pilares principais: empreendedorismo, desenvolvimento de habilidades e inovação. A primeira iniciativa no Brasil será o WF Advantage Retail, que selecionará até 25 empresas dos ramos varejistas e de serviços para participar de um programa intensivo de aceleração. O programa, que é gratuito para as empresas, vai elencar desafios que impedem a companhia de crescer rapidamente, ajudar a desenvolver soluções, oferecer mentoria personalizada e uma consultoria qualificada.

O foco da seleção será em negócios que estão em processo de crescimento em escala e têm o potencial de gerar empregos nos próximos anos. O lançamento do WF Advantage Retail acontece na próxima quinta-feira (13/12), na sede da Google Campus, em São Paulo. O evento contará com palestras de Bruno Nardon, CEO da Rappi no Brasil, Alfredo Soares, Head SMB da VTEX, e Bruno Van Enck, fundador da Corleone falando sobre os desafios atuais das empresas do setor varejista.

Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top