You are here
Home > Negócios > Veja como as empresas podem aproveitar novas tecnologias no mundo pós pandemia

Veja como as empresas podem aproveitar novas tecnologias no mundo pós pandemia

O coordenador do MBA em Marketing e Inteligência de Negócios Digitais da Fundação Getulio Vargas (FGV), André Miceli, alerta que a computação em nuvem está fazendo cada vez mais parte do presente e do futuro, principalmente para o crescimento das empresas e o surgimento de novos negócios. E, por isso, segundo ele, é urgente que as organizações entendam os desafios e oportunidades que surgem com esse cenário.

Miceli ressalta que um dos maiores desafios das empresas será com a sustentabilidade dos dados, tanto de clientes e colaboradores, quanto da própria organização. “Os dados serão gerados em maior número e com a ascensão do 5G, quando tudo será conectado, mais esses dados devem ser armazenados, e isso tem um custo. As empresas que criarem planos de armazenamento de dados terão um ganho de imagem e darão mais retorno para seus acionistas”, afirma André Miceli.

O professor da FGV menciona ainda que cada vez mais a “Realidade Mista”, que une características da realidade virtual com a realidade aumentada, estará presente nos negócios. “Seu uso está bem próximo da nossa realidade. Seja para melhorar o aprendizado, criar novas formas de entretenimento ou melhorar a produtividade no trabalho, práticas que fazem parte do cotidiano de algumas empresas”, salienta.

Cloud Gaming

AMD and Oxide Games Join Forces to Advance Cloud Gaming Graphics | Technology For YouOutro modelo de negócio que vai crescer é o Cloud Gaming, afirma Miceli. “Grandes players do mercado se movimentam para criar soluções na nuvem que vão possibilitar modelos de assinatura, como o da Netflix, por exemplo. Ou seja, um mercado muito promissor para as empresas brasileiras já que o número de consumidores brasileiros de jogo é bem grande”, relata o especialista.

Touchless tech

Pandemic fuels push for touchless tech | WSAV-TVAs interfaces deixarão de ser só tela e passarão a ser tela e voz ou gestos, diz Miceli, visto que as preocupações com saúde e segurança também estão aumentando. “Este tipo de tecnologia sem toque vai permitir que os usuários controlem um sistema digital com gestos de movimento tão simples como acenar com a mão, apontar o dedo ou até mesmo um movimento com os olhos. E, claro, especialmente a voz, que já é popular na casa de algumas pessoas”, observa.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top