You are here
Home > Negócios > RAR amplia portfólio e projeta crescimento de 20% na produção de queijos

RAR amplia portfólio e projeta crescimento de 20% na produção de queijos

Empresa, com sede no RS, produziu mais de 1,9 mil toneladas de queijo parmesão e tipo Grana em 2021

A RAR, pioneira na produção de queijo tipo Grana fora da Itália, vem registrando crescimento nas vendas de queijos e para este ano projeta um aumento de 20% na produção. O Gran Formaggio, eleito o melhor parmesão do país, é o carro-chefe de vendas da marca, que também produz creme de leite e manteiga. A empresa vem investindo na diversificação do portfólio e acaba de lançar o Parmesão RAR Cilindro, em embalagens de 200 gramas.

Reconhecida pela alta qualidade de seus queijos, a RAR segue religiosamente os padrões que conferem a cada produto o sabor diferenciado, característico da marca: o tipo grana Gran Formaggio possui maturação mínima de 12 meses e o parmesão RAR de 6 meses. Ambos são comercializados em formas inteiras, fracionados e ralados.

Conforme o CEO da empresa, Sergio Martins Barbosa, o nível de excelência na produção dos queijos é alcançado ao se atuar permanentemente na avaliação dos processos, realizar treinamento constante, selecionar fornecedores de insumos de qualidade e monitorar a comportamento dos produtos em relação à concorrência. O aproveitamento do queijo é total, uma vez que a ‘casca’ do queijo não se torna endurecida”, explica.

Maior fazenda leiteira do Rio Grande do Sul e entre as 15 maiores do Brasil, a RAR produziu mais de 1,9 mil toneladas de queijo em 2021 e vem ganhando cada vez mais espaço no mercado nacional. Ele destaca ainda que o objetivo para este ano é aumentar a produção de queijo ralado. A empresa oferece as versões ralado seco e fresco.

RAR

A RAR foi idealizada por Raul Anselmo Randon na década de 1970, com origem na fruticultura, especialmente o cultivo, comercialização e a exportação de maçã. Atualmente é a terceira maior produtora e comercializadora da fruta no Brasil. Já em 1990 a empresa montou a primeira fábrica de queijo Tipo Grana fora da Itália, com a marca Gran Formaggio. O portfólio possui uma linha de importados composta por queijos e acetos italianos, charcutaria italiana e espanhola, além de azeites de oliva chilenos. A RAR produz também creme de leite pasteurizado, manteiga, queijo parmesão e azeite de oliva e comercializa vinagre orgânico de maçã.

A empresa, com sede em Vacaria (RS), ainda conta com linha de 28 vinhos e espumantes, sendo 15 rótulos a partir de produção própria e 13 rótulos importado da Itália e Argentina em um co-brandig com a MASI.

Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe um comentário

Top