You are here
Home > Negócios > Venda informal cresce em período de quarentena e ajuda donas de casa na complementação de renda

Venda informal cresce em período de quarentena e ajuda donas de casa na complementação de renda

O Brasil já registra mais de 9 milhões de casos de desemprego por conta da pandemia da Covid-19.  Diante de tantas pessoas sem trabalho fixo, o chamado plano B tem sido a principal alternativa de renda para muitas pessoas, inclusive donas de casa. A revenda de produtos, por exemplo, que antes era responsável por uma renda extra, acabou se tornando a principal fonte de renda de muitas famílias. 
 
Foi o caso das revendedoras da empresa curitibana de calçados em neopreneuFrog, que neste período de quarentena conseguiram fazer um bom dinheiro extra com vendas feitas por whatsapp e redes sociais. Segundo a marca, esse canal de vendas superou as expectativas e as metas do período.

“As vendas efetuadas pelas nossas revendedoras registraram aumento de 40%. No último ano este está sendo o segundo melhor mês com grandes resultados. Por conta da quarentena, as revendedoras têm conseguido ter mais tempo para se dedicar às vendas. Também observamos o aumento no número de mulheres querendo ser revendedoras uFrog. Hoje são 150 revendedoras, tivemos um crescimento no canal de revenda em 25% no último mês”, conta Daiane Lara, responsável pelo canal de revendas dauFrog. 

Antes da imposição do isolamento social, os canais de vendas mais fortes da uFrog eram as lojas multimarcas seus mais de 15 quiosques próprios que ficam em shoppings dos estados do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. Com o fechamento do comércio, a empresa encontrou nas revendas e no e-commerce, alternativas para seguir no mercado.

Otimização do e-commerce

 Desde o final do ano passado estamos otimizando o nosso e-commerce, mas era para ser um outletCom a quarentena, vimos o site explodir de vender, até metade de abril já havíamos batido a nossa meta do mês. Neste período de quarentena já tivemos um aumento de 60% das vendas online”, explica Joyce Machado, responsável pelo marketing da uFrog.

O crescimento da empresa superou até a média de crescimento de vendas online do país, que segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico registrou um aumento geral de 40%.

Oportunidade de empreender 

 
Denise Bernardes de Castro já começou o trabalho com a uFrog tendo sucesso nas vendas. Em um momento que ela estava com o foco nos estudos para prestar concurso público, Denise resolveu procurar um trabalho em que ela conseguisse ajudar o marido com os gastos de casa. Ela fechou parceria com a marca em março, poucos dias antes de ser determinado o isolamento social, e apesar de ter começado as vendas em um período de crise geral no país, a quarentena abriu portas para a revendedora. O sucesso de vendas na região onde ela mora, em Goiânia, foi tão grande, que ela já investiu em sacolinhas personalizadas, em aromas para deixar o produto perfumado, e já até pensa em empreender. 

“Se tudo continuar indo bem, a minha meta é investir só em uFrog. Eu penso em algo grande. Penso em abrir um quiosque no shopping daqui de Goiânia e quero representar a marca em feiras de gestante.Tenho gostado muito do resultado e quero mesmo trabalhar com isso”, diz Denise muito confiante como resultado da marca. 

 

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top